Nísia Trindade Lima

Mestre em Ciência Política (1989) e doutora em Sociologia (1997) pelo Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (IUPERJ)/IESP-UERJ, é atualmente a Presidente da Fundação Oswaldo Cruz. Foi Vice-Presidente de Ensino, Informação e Comunicação da Fiocruz (2011-2016), coordenou, em colaboração com Ângela Alonso, o Grupo de Trabalho Pensamento Social no Brasil, da ANPOCS, de 2011 a 2012, e foi diretora da Editora Fiocruz (2006-2011). Bolsista de produtividade 1C do CNPq, é pesquisadora da Casa de Oswaldo Cruz e coordenadora da Rede Zika e Ciências Sociais da Fiocruz. Participa de programas e redes internacionais nas áreas de história da ciência e história da saúde e integra os conselhos editoriais dos periódicos Medical History, Revista da Sociedade Brasileira de História da Ciência; História, Ciências, Saúde-Manguinhos; Caderno de História da Ciência-Instituto Butantan e Escritos da Fundação Casa de Rui Barbosa. Suas áreas de pesquisa e ensino são história da ciência e da saúde, em especial das ciências sociais, e pensamento social brasileiro. Realiza atualmente pesquisa sobre os seguintes temas: ciência e pensamento social no Brasil; história das ideias em saúde pública; o sertão no pensamento brasileiro; história do desenvolvimento no Brasil e história das ciências sociais em saúde.  

Email:  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Grupos de pesquisa do CNPq:
Ciência, Saúde e Pensamento Social 
História das Ciências na Amazônia 
Interpretações do Brasil e Estudos Comparados 

Linhas de pesquisa no Programa:
História das Ciências Biomédicas
História das Políticas, Instituições e Profissões em Saúde

Projetos de pesquisa no Programa:
A agenda do desenvolvimento na década de 1950: pensamento social, saúde e dinâmicas regionais. (Coordenadora)
Cartografias do rural no pensamento social brasileiro. Coordenadora – (Concluído)
História da favela e da sociologia do Brasil urbano: contribuições ao seu estudo a partir da trajetória de Anthony Leeds. (Coordenadora)
O rural e o urbano no pensamento social brasileiro: recursos didáticos e Biblioteca Virtual do Pensamento Social (BVPS). 
Sob o signo do desenvolvimento: ciências sociais, educação sanitária e alimentação (1945-64). (coordenadora) – (Concluído) 
Inventário da natureza do Brasil: as atividades científicas da Comissão Rondon (1907-1930). (Concluído)
Quais estudos de comunidade? Ciências Sociais, mudança social e saúde no Brasil (1940-1960).

Produção em destaque:
LIMA, Nísia Trindade; VIEIRA, Tamara Rangel. Brasilia - una ciudad modernista en el sertón. In: Adrián Gorelik, Fernanda Arêas Peixoto. (Org). Ciudades sudamericanas como arenas culturales. 1ed. Buenos Aires: Siglo XXI Editores, v. 1, p. 248-263, 2016.

LIMA, Nísia Trindade; HOCHMAN, Gilberto (Orgs.). Médicos Intérpretes do Brasil. São Paulo: Hucitec, 2015.

LIMA, Nísia Trindade. Um Sertão Chamado Brasil. 2. ed. Hucitec, 2013.

LIMA, Nísia Trindade; Schweickardt, Júlio César. Do "inferno florido" à esperança do saneamento: ciência, natureza e saúde no estado do Amazonas durante a Primeira República (1890-1930). Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências Humanas, v. 5, n. 2, p. 399-416, 2010. 

LIMA, Nísia Trindade. Doctors, Social Scientists and Backlands Peoples: Continuity and Change in Representations of Brazil’s Rural World. Canadian Journal of Latin American and Caribbean Studies, v. 35, p. 39-66, 2010.

LIMA, Nísia Trindade. Public Health and Social Ideas in Modern Brazil. American Journal of  Public Health, v. 97, p. 1209-1215, 2007.

LIMA, Nísia Trindade; EDLER, Flavio; GERSCHMAN, Silvia; SUÁREZ, Julio Manoel (orgs.). Saúde e Democracia: História e Perspectivas do SUS. Rio de Janeiro: Fiocruz, 2005.

map 

Av. Brasil, 4036 - 4º andar - Sala 420 . CEP 21040-361 – Manguinhos Rio de Janeiro – RJ.
Tel.: (+ 55    21) 3882-9093; 3882-9095; 3882-9096 ou 3882-9170 
Tel/Fax: (+ 55 21) 2590-5192
Email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Todo o conteúdo do Portal COC pode ser copiado, distribuído, exibido e reproduzido livremente, para fins não comerciais, desde que seja citada a fonte. A utilização para fins comerciais está sujeita a uma licença da COC/Fiocruz